Adam Lambert rouba a cena na primeira noite de Rock in Rio

Adam Lambert rouba a cena na primeira noite de Rock in Rio

Após 30 anos da realização da primeira edição, o Rock in Rio 2015 começou ontem, num clima de animação e expectativas. A noite começou com uma homenagem de artistas brasileiros ao evento, trazendo várias lembranças de edições anteriores. Ivete Sangalo, Erasmos Carlos, Frejat, Ney Matogrosso, Dinho Ouropreto, Evandro Mesquita, Nando Reis, Zélia Ducan e Martnália. Muitas foram as músicas e emoções revividas.

No palco mundo as atrações foram The Script, One Republic e a grande espera do dia Queen + Adam Lambert. E o Brasil despertou o olhar pra esse que fez os integrantes remanescentes da formação original, Brian May e Roger Taylor, toparem uma nova história. Adam foi segundo lugar na oitava temporada de American Idol, no ano de 2009 e de lá pra cá gravou discos e despontou na cena musical. Hoje seu hit Gosth Town está entre um dos mais executados em vários países, e essa parceria com a lenda do rock mundial só veio a acrescentar.

As críticas ao vocalista são bem divididas, a quem o ache uma farsa, se esforçando para ser um rock star, e há quem se derreta pelo seu jeito carismático e performático, o fato é que Adam Lambert conquistou o público do Rock in Rio na segunda música, onde ouvia-se gritos entusiasmados de “Adam! Adam!”.

Acompanhei o show da metade pro final e fiquei impressionada, cantar ao lado do Queen é uma grande responsabilidade, naturalmente, e estar no lugar que um dia foi de Freddie Mercury é uma tremenda prova de fogo. O fato é que eu gostei do que vi, posso estar falando besteira, e já me perdoem antecipamdamente por isso, mas acho que Adam é bem uma versão Beta de Freddie, acredito até que se ele fosse um jovem roqueiro gay nos anos 2010, seria bem parecido com o que Adam é.

Mas vamos falar sobre o figurino, eu, particularmente, fiquei impressionada com a quantidade de trocas de roupa, foram 5 looks, cheios de referência e sim, bem produzidos. Abrindo o show tivemos uma roupa de couro, toda preta, com tachas, jaqueta, óculos de sol, bem ao estilo bad boy rocker (foto da capa).

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-2

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-3

Logo após uma blusa transparente (tendência!), uma calça preta de boca mais larga e um super sapato altíssimo, cravejado de brilho (não deu pra identificar exatamente o que era pelo vídeo, provavelmente Swarovski). Vale ressaltar que com esse look Lambert aparece em um sofá roxo e abanando leque – claramente mandando um beijinho no ombro para as inimigas.

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-4

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-5

Look total white, com direito a calça jeans destroyed, jaquetinha jeans azul, de lavagem mas clara, sem manga, e botinha FOFA! de animal print. Amamos sim, ou com certeza?

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-8

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-6

O quarto look veio com uma pegada grunge na calça xadrez preto e vermelho, bota cano alto com solado emborrachado, blusa básica branca e mais um colete, dessa vez preto e de couro!

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-9

 adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-10

adam-lambert-queen-rock-in-rio-2015-11

E pra finalizar, Adam apareceu envolvido pela bandeira do Brasil, e ao virar para o público mostrou seu conjuntinho de oncinha, sem camisa por baixo, colar ostentação e sapato MARAVILHOSO, um creeper dourado com sola preta.

Em todos os looks o vocalista usou luva e suas tatuagens também fiforam bem valorizadas, ficando, quase sempre, à mostra. E no final das contas, Adam roubou a cena de qualquer jeito, falem bem ou falem mal.

NOTA: As fotos dessa matéria foram tiradas do vídeo com o show completo, por isso a qualidade não tão boa.

 

Fotos: Reprodução