DFB 2016: André, Almerinda, Jeferson, Rebeca e Lili

DFB 2016: André, Almerinda, Jeferson, Rebeca e Lili

O Dragão Fashion Brasil 2016 começou com o pé direito e na primeira noite de desfiles as passarelas receberam a criações de André Sampaio, Almerinda Maria, Jeferson Ribeiro, Rebeca Sampaio e Lindebergue Fernandes. Confira o que rolou de melhor!

André Sampaio

(por Thaynara Pinheiro)

O trabalho lindo feito com a manipulação de tecidos deixou o desfile do estilista André Sampaio rico em detalhes de acabamento e composição. Os modelos drapeados com listras foi uma das peças mais lindas da noite do primeiro dia de evento. Peças com volume nos ombros e bustos, recorte nos decotes e trabalho com tule enriqueceram o seu conceito de mistura de componentes diferentes na produção, sem falar da paleta de cor, que ficou entre o preto e o branco. O estilo de cada peça foi bem definido na passarela. Cintura alta e baixa estavam se intercalando entre os looks com cropped, e a mistura de texturas dos tecidos tingidos. A coleção do André para o DFB foi incrível, desde o caimento das peças até a escolha das modelos.

 andre-sampaio

Almerinda Maria

(por Caline Calíope)

O desfile cobiçado de Almerinda Maria teve como tema no Dragão Fashion 2016 “Luxo no Paraíso”. O mais alto padrão do segmento handmade trouxe feminilidade, sensualidade e luxo para o tema exibido na passarela da artesã. Nas peças de Almerinda, os pequenos detalhes eram notados rapidamente, levando a examinar cada espaço feito com a renda de bilro e ponto de costura espalhados por cada modelagem expressada no corpo. Para a coleção de 2016 a paleta de cores utilizada foi em tons terrosos, como: Off white, branco, preto, cáqui e rosa pó, trabalhados em perfeita harmonia com babados e transparências sem inibir o padrão de refinamento e discrição da peça. Rendas e bordados exibiam as diversas facetas de mulheres frágeis e fortes ao mesmo tempo, com simplicidade e exuberância, sem esquecer do bom gosto, ousadia e essência. As peças mostravam nos recortes o linho rústico destacando originalidade e leveza, além de labirintos em organza nos detalhes e o uso inimitável de guipir, que era utilizado em diferentes partes e detalhes de cada vestido, calça, casaco e blusas.

almerinda-maria

Jeferson Ribeiro

(por Thaynara Pinheiro)

Khaos” é a coleção do Jeferson que tem uma essência multiétnica, inspirada nas alegorias de Mário de Andrade. Mais um desfile com volumes nos ombros, texturas, mistura de tecidos, muita fenda e mistura de peças assimétricas e geométricas. O que chamou bastante atenção foram as peças com uma pitada de sensualidade abordada de forma diferente na passarela, mostrando que a tendência de usar blusa com vestido voltou com tudo, mas ele foi além, inovou usando blusas de tarrafa deixando a produção com um visual diferenciado das demais desfiladas na noite, mas o ponto chave era as misturas de etnias mostradas na coleção. Sofisticado, expressionista e sexy são as palavras para definir as produções do estilista Jeferson Ribeiro.

jeferson-ribeiro

Receba Sampaio

(por Lucas Francisco)

Com cartela de cores originalmente nordestina, Rebeca Sampaio faz jus ao nome com seu verão super colorido e cheio de assimetria e muita elegância. Rebeca trouxe uma mulher urbana e chic, cheia de glamour e até ousadia. Por trás da profusão de cores que foram do laranja ao azul celeste, a estilista mistura couro e originalidade. O urbano fica claro e evidente em sua mulher, na passarela, tecidos fluidos e plissados fazem o runnaway da vez. Ela mereceu seus aplausos mega calorosos!

rebeca-sampaio

Lindeberg Fernandes

(por Lucas Francisco)

Ordem será progresso? Com esta frase de ordem e sentimento de um brasileiro indignado, Lindebergue Fernandes traz na sua passarela desta edição um Q de protesto fashion que deságua no cômico e fantástico. Em clima patriota, Lili esboça sua indignação fashionista a respeito do estado que se encontra nosso país. Cartela de cores militares e handmade super em alta, o estilista trouxe seu protesto fashion ao delírio de todos os expectadores. Porém, fecha seu desfile com a palavra fé que, nada mais, nada menos, recebe uma onda de aplausos dos convidados todos em pé. Sem sombra de dúvidas um desfile memorável!

lindebergue-fernandes

Fotos: Anderson de Deus