DFB – Lenerd, Lizzi, Rio de Jas, Pena, Gisela e Mark

DFB – Lenerd, Lizzi, Rio de Jas, Pena, Gisela e Mark

No terceiro dia de Dragão Fashion Brasil, os estilistas vieram com tudo e apresentaram belas coleções para quem passou pelas salas de desfile do Terminal Marítimo de Passageiros. Lenerd, Lizzi, Rio de Jas, Pena Conceito, Gisela Franck e Mark Greiner mostraram todo o poder da moda autoral.

Confira os desfiles do terceiro dia de Dragão Fashion Brasil 2016!

Lenerd

(por Caline Calíope)

A marca colombiana Lenerd voltou no DFB 2016, trazendo sua essência clara ao passar na passarela. A junção do Brasil e da Colômbia trouxe a música, os tecidos, cores e a natureza para mostrar de forma singela que veio pra ficar. Peças muito bem elaboradas e de acabamento excepcional, traziam entre linhas e cores uma progressão de tons que vão do preto com azul ao laranja terroso, brilho e franjas também foram detalhes da marca. A melhor curiosidade notada durante o desfile, é que a primeira modelo teve a passarela só sua durante o seu percurso, a segunda modelo só entrou depois que a anterior saiu de cena e no fim do desfile o último look só ficou visível depois que a penúltima saiu da sala. O estilista quis que analisássemos o tempo e o incômodo causado pela espera, a necessidade de apreciar o trabalho em cada detalhe e com bastante calma. Além do tricô e do brilho exaltado na passarela, a simplicidade, tradição e o luxo foi o que representou a Colômbia no DFB 2016.

desfile-lenerd

Lizzi

(por Lucas Francisco)

Entre reflexos e reflexões, e inspirada no pensamento do escritor francês Jean Baudrillard, Lizzi faz sua passarela gótica e dramática nesta edição. A cartela de cores flutua do preto ao branco, nuances em azul e estampas caóticas fazem da imaginação da estilista arte moderna. Aplicações em espelhos trazem a critica principal do desfile: reflexos, uma coleção de paradigmas além da aparência. Para finalizar, Lizzi trouxe uma noiva cheia de reflexos.

desfile-lizzi

Rio de Jas

(por Mayara Angel Oliveira)

Estreante no Dragão Fashion Brasil, a Rio de Jas é uma marca de moda praia que desfilou uma coleção inspirada no estilo artístico decorativo “Art Déco”, presente na arquitetura, design e na moda, apresentando elementos luxuosos, estamparia, geometria e handmade! Trabalhando vários recortes e modelagens diferentes, a Rio de Jas lançou um novo olhar sobre a moda praia, propondo peças coloridas, sexy e que valorizam as curvas femininas. Na cartela de cores tons terrosos, preto, branco, cinza, laranja e azul. Vamos ficar de olho nessa marca.

desfile-rio-de-jas

Pena Conceito

(por Caline Calíope)

O choque com a mudança da marca cearense Pena, que participou nessa edição do Dragão Fashion Brasil, veio logo com a percepção da presença de um lounge estilosíssimo, a Kza Pena. É a primeira vez em sua história que realiza um desfile conceitual, trazendo para o DFB2016 a “Pena Conceito”. Os estilistas trouxeram para a passarela a temática Praia de uma forma sofisticada e moderna. A marca completa, em 2016, 30 anos e por isso a mudança radical. As peças traziam consigo matérias primas naturais como o couro de tilápia, linho, algodão rústico e outros materiais com cara de handmade. Na cartela de cores foi utilizado neutralidade, como: bege, tons de areia e o azul que representa o mar. A mensagem passada no desfile foi exata, como um dia que se passa na praia, iniciando com peças claras e terminando em escuras. Cláudio Silveira, idealizador do DFB, participou como diretor criativo da incrível coleção, dando as orientações principais de criação pra sair esse trabalho sensacional.

desfile-pena-conceito

Gisela Frank

(por Mayara Angel Oliveira)

Com um dos desfiles mais aclamados de 2015, Gisela Franck voltou às passarelas do Dragão Fashion Brasil com a difícil e prazerosa missão de superar uma coleção de sucesso. E assim o fez. “Um encontro com Seu Espedito Seleiro” foi inspiração e tema da coleção da designer no DFB 2016, e trouxe características do trabalho do artista do Cariri nas suas peças. Com o trabalho manual sempre primoroso da estilista, as peças vieram com o seu DNA clean e sofisticado, com peças diferenciadas, em cores cruas, pontuadas com o colorido do trabalho inspirado em Espedito Seleiro. Gisela afirma seu estilo único de fazer moda, com bom gosto, valorizando o trabalho personalizado em cada peça. Lindo de ver!

desfile-gisela-franck

Mark Greiner

(por Lucas Francisco)

Conhecido pelo seu enigma dark fashionista, Mark Greiner trouxe uma mulher chic e invernosa para o Dragão este ano, com a coleção Manisfesto, o estilista buscou inspiração no misticismo e nas maifestações populares e sua diversidade cultural. A cartela de cores que passeava entre branco, cinza e preto fez a passarela e os fashionistas de plantão irem ao delírio. Conhecido por uma passarela pesada e cheia de personalidade, seu desfile teve um Q de sobriedade e elementos que fizeram sua historia desaguar em lindos vestidos corais ao final. Mark contou com sonoridade local, por Daniel Peixoto e artistas cearenses que abrilhantara seu dar mood fashion it!

desfile-mark-greiner

Fotos: ROBERTA BRAGA/SILVIA BORIELLO/RICARDO K.