Dicas do Victor – Novas regras para franquia de bagagem despachada

Dicas do Victor – Novas regras para franquia de bagagem despachada

Muito se falou em relação às mudanças que estão acontecendo envolvendo bagagem despachada nas companhias aéreas nacionais em voos nacionais e internacionais.

As companhias internacionais que voam dentro da Europa seguem um modelo “low cost” (baixo custo), onde a tarifa do bilhete só dá direito ao assento no voo e normalmente no final da aeronave. Porém, elas possibilitam a venda de serviços “opcionais”, como um assento mais na frente, despachar bagagem, bagagem de mão, embarque prioritário, serviços de bordo… Itens esses que são inclusos nas cias brasileiras. E é mais ou menos esse modelo que as companhias aéreas nacionais estão querendo seguir.

Inúmeras pessoas me pediram para tentar esclarecer as muitas dúvidas que ainda possuem e eu tentei resumi-las em um quadro, assim facilitando o entendimento.

dicas-do-victor-novas-regras-para-franquia-de-bagagem-despachada-OESTILO1

Posso dizer que no momento está dessa forma, mas como mudanças acontecem diariamente, aconselho sempre consultar seu agente de viagens sobre a tarifa de seu bilhete, se possui ou não despacho de bagagem. Assim lhe poupará surpresas no ato do check in do aeroporto.

Todas as companhias aéreas brasileiras estão permitindo uma bagagem de mão de até 10 kg para levar a bordo, fique atento as dimensões permitidas, lembrando que é para ser guardada dentro daquele compartimento acima das poltronas.

Pareciros ATUAIS curto

(Fotos: Reprodução/Víctor Costa)