A história da moda – Década de 1930

A história da moda – Década de 1930

E falando um pouco mais sobre a história da moda, chegamos à década de 1930. Aqui, vamos começar com uma imagem bem diferente da que vemos hoje em dia. Naquela época as mulheres gostavam da sobrancelha bem fina, chegavam até a depilar e passar lápis! Bastante contraditório se compararmos com o momento atual, não é mesmo?

historia-da-moda-decada-de-1930-OESTILO2

Foi nessa década que a roupa íntima começou a mudar drasticamente. Como as roupas passaram a ser mais justas ao corpo, foi necessário tornar a peça íntima mais moderna e mais curta. Elas eram parecidas com camisolas de tecido bem fino.

A indústria da moda sofreu diversas mudanças nessa época em consequência das dificuldades econômicas do período, afinal, o mundo havia acabado de passar por uma guerra e ainda veio a crise com a queda da bolsa de valores de Nova York em 1929. Dessa forma, as roupas feitas em fábrica tornaram-se populares, pois a roupa produzida em massa custava bem menos do que as que eram feitas sob encomenda. Os zíperes, por exemplo, passaram a ser mais usados, já que o seu custo é menor do que o de botões.

historia-da-moda-decada-de-1930-OESTILO3

Enquanto as mulheres mais ousadas começaram a usar calças em décadas anteriores, na década de 1930 havia várias situações sociais que eram aceitáveis usar calças em público. Como roupa de esporte para tênis, caminhadas, piqueniques, esqui ou mesmo apenas assistindo esportes, elas poderiam exibir calças e até shorts!

As calças geralmente eram calças de pernas largas com uma cintura alta. O botão duplo “marinheiro” era comum, assim como um fecho lateral ou fechamento de botão.

historia-da-moda-decada-de-1930-OESTILO4

No Brasil, as referências do que viria eram conhecidas através de revistas de moda feminina vindas da França. Um fato importante é que aqui os brasileiros começaram a fazer as primeiras adaptações, pois surgia a preocupação em tornar a tendência vinda de fora adequada ao nosso clima.

historia-da-moda-decada-de-1930-OESTILO5

Em 1930 foi também o momento em que Carmen Miranda, a atriz e cantora portuguesa radicada no Brasil, tornou-se ícone nacional e internacional. E uma curiosidade para quem não sabe, aos dezesseis anos, em 1925, Carmen Miranda descobriu que tinha um talento para criar chapéus e vestidos enquanto trabalhava em uma loja de roupas. Ela começou a desenhar e costurar seus próprios trajes quando, em 1930, começou a cantar profissionalmente.

 

(Fotos: Reprodução / Internet / Pinterest / SASHA / GETTY IMAGES / ALAMY / The Seeberger Brothers)