A história da moda – Década de 1990

A história da moda – Década de 1990

Olá leitores! Dando continuidade aos textos sobre a história da moda, chegamos na década de 90. E vocês vão ficar surpresos como somos ainda muito influenciados pelas peças que foram sucesso na época.

Para a foto de capa trouxemos as Spice Girls, não apenas por terem sido figuras importantes no mundo da música, mas também pela imagem que cada uma transmitia. Como podemos ver, uma delas seguia mais o estilo esportivo, outra algo mais chique, outra mais colorida. Enfim, elas misturavam tudo o que foi usado na eclética década anterior e ainda trouxeram mais itens. Um exemplo são as miniblusas que hoje chamamos de cropped.

Os jeans não eram mais limitados ao azul básico, agora existiam jeans brancos, pretos, lavados e estilos beges. Jaquetas apareceram nas lojas, assim como macacões e saias, tanto curtos quanto longos.

Para as mulheres que não se importavam tanto com as saias, sempre havia calças. A calça tinha corte reto e foi usada tanto no trabalho, quanto em casa ou no cinema.

historia-da-moda-decada-de-1990-OESTILO2

Estampas de animais estavam em alta, mas muitas mulheres decidiram não comprar casacos de peles a menos que fossem feitos de materiais sintéticos. Estampas de tigres e leopardos apareceram em tudo, de camisetas a sapatos, passando por bolsas e vestidos.

Homens e mulheres não seguiam mais cegamente os designers de moda. As mulheres ignoravam os comprimentos de roupas impostos e trocavam saias curtas e longas quando sentiam vontade. Elas já não tinham tanto interesse em se vestir de maneira provocativa, prezavam mais pelo conforto.

historia-da-moda-decada-de-1990-OESTILO3

Os consumidores americanos perderam interesse pela alta moda. Enquando os designers gastavam milhões em shows luxuosos, desfilando modelos muito magras, o público comum já não prestava atenção, já que não seriam capazes de pagar por isso, muito menos de usar. Os desfiles de moda acabaram se tornando algo apenas para ser apreciado e não para ser consumido. Aqui podemos citar Kate Moss, que era a modelo mais famosa e que exibia o corpo bem magro.

Foi aí que surgiu o que hoje chamamos de high-low, que significa misturar peças de luxo com peças de marcas mais acessíveis. E foi nessa época também que o visual casual das sextas-feiras foi tomando espaço nas empresas.

historia-da-moda-decada-de-1990-OESTILO4

 

(Foto: Reprodução / Official Charts / Getty Images / The English Group / Coolspotters)